Escola estadual de Taquarituba recebe investimento de eficiência energética da CPFL Santa Cruz

O projeto de eficiência energética da Escola Estadual Prof. Dimas Mozart e Silva, na cidade de Taquarituba (SP), foi vencedor, em 2016, da etapa nacional do prêmio Zayed de Energia do Futuro na categoria Escolas Secundárias Globais, promovido pelo governo dos Emirados Árabes Unidos. Com a conquista, a escola credenciou-se para disputar a final com outros três países em janeiro deste ano em Abu Dhabi, capital dos Emirados Árabes Unidos.

O projeto da implantação da usina fotovoltaica, elaborado pelos alunos e professores da instituição, é uma parceria com a Secretaria de Mineração e Energia e a Secretaria de Educação do governo de São Paulo com investimento de R$ 125 mil e cuja capacidade é de 15 kWp.

Os benefícios destas medidas afetam, diretamente, 456 alunos e 51 educadores e colaboradores da escola, além da economia de 85% no volume de energia consumido que consiste na redução de 1,525 mil kWh do total de 1,765 mil kWh por mês.  A troca de toda a iluminação da escola para tecnologia LED, totalizando 290 pontos, também, é um fator que contribui para a redução no consumo de energia.

Isto seria o equivalente para abastecer oito famílias com consumo mensal de 200 kWh.

O lançamento do projeto ocorreu em evento realizado no dia 30/10/2017, na sede da CPFL Energia, em Campinas (SP). A cerimônia contou com a participação da vice-presidente de Operações de Mercado da CPFL Energia, Karin Luchesi, do presidente da CPFL Santa Cruz, Marco Antonio Villela, do secretário de Minas e Energia, João Carlos de Souza Meirelles, do secretário de Educação, José Renato Nalini, do Cônsul Geral dos Emirados Árabes Unidos em São Paulo, Ibrahim Salem Al Alalawi, além de representantes e alunos da escola.

O presidente da CPFL Santa Cruz, Marco Antônio Villela ressalta que: “o projeto tem por objetivo despertar o interesse em outras escolas do Estado de São Paulo a buscarem soluções mais limpa, econômica e sustentável para suas instituições.”

A data para o término do projeto está prevista até o final do primeiro trimestre de 2018.