Eletronorte inicia a instalação de usina solar flutuante de 5 MW

Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) anunciou que instalará una usina fotovoltaica flutuante de 5 MW no reservatório da Usina Hidrelétrica (UHE) Balbina, no município de Presidente Figueiredo, no Amazonas.

A instalação consistirá em 2.712 estruturas plásticas flutuantes, 19.292 módulos fotovoltaicos de silício policristalino e os dois eletrocentros equivalentes à transformação de 5 MW, compostos por inversores e transformadores, que vão elevar a tensão para 13,8 kV.

O projeto que, inicialmente, terá uma potência de 1 MW, entrará em operação em 2018. A usina será ampliada a 5 MW de capacidade até julho de 2018, com uma área aproximada de 50.000 m².

A inversão total no projeto será de R$ 114 milhões.

“Em termos de geração de energia, nós temos uma expectativa muito grande porque a temperatura da operação das usinas fotovoltaicas é muito alta e chega a 80°C nos sistemas montados em terra, o que prejudica a capacidade de geração por placas fotovoltaicas com perdas de até 20%, em relação à sua capacidade nominal. Um dos benefícios desse sistema solar flutuante é a melhora do desempenho, porque a perda deve ser bem menor do que em terra, devido à redução esperada da temperatura de operação”, disse Davidson Pereira Campos, gerente do Departamento de Gestão da Inovação Tecnológica e Eficiência Energética

Eletronorte também anunciou a instalação de um sistema solar fotovoltaico semelhante, com 5 MW de potência, na Usina Hidrelétrica de Sobradinho, na Bahia, sob responsabilidade da Chesf.