Ceilândia inaugura metrô com abastecimento por energia solar

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, inaugurou o sistema de captação de energia na Estação Solar Guariroba da Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF), na QNN 14 de Ceilândia.

Esta estação passa a ser a primeira unidade metroviária de Brasília autossuficiente no âmbito do programa Brasília Solar, além de ser a primeira desse tipo na América Latina, sendo agora incluída como a quarta no mundo nas quais estão: metrô são Milão, na Itália; Nova Deli, na Índia; e Nova Iorque, nos Estados Unidos.

A instalação da placas fotovoltaicas faz parte do programa Metrô Sustentável que engloba vários parâmetros entre eles a conscientização de passageiros e funcionários com relação ao uso consciente da energia.

De acordo com o Metrô-DF, o sistema abastecerá toda a estação e a capacidade de geração de energia do sistema da Estação Solar Guariroba é de 288 mil quilowatts/hora por ano, o equivalente ao consumo de outras duas estações. Desse modo, o excedente de energia beneficiará todo o metroviário da capital do País.

O Metrô-DF, também, estuda parcerias para que estudantes possam acompanhar e estudar o funcionamento da estação.

O chefe do Executivo local enfatiza “a economia de R$ 50 mil a R$ 60 mil ao mês para o Metrô, e o nosso objetivo é ampliar isso para outras estações” e também destacou a questão ecológica.

O fato da instalação do sistema solar na estação de metrô Guariroba provem da concorrência nacional onde disputaram 38 empresas, na qual a vencedora do pregão eletrônico foi a Cápua Projetos e Construções Ltda com um contrato no valor de R$ 873.871, com recursos vindos de financiamento com o Banco do Brasil.

Em reconhecimento à iniciativa de investir em uma estação sustentável, o Metrô-DF recebeu o prêmio Golden Chariot International Transport Award, na categoria Companhia Nacional de Transporte do Ano.