Senai empresa retoma o projeto Sistemas Fotovoltaicos

O Senai empresa vai retomar o projeto “Sistemas Fotovoltaicos” na cidade de Amambai, no dia 27 de abril, após percorrer 17 municípios do estado do Mato Grosso em 2017.

Um dos grandes motivos da volta do projeto é o reajuste de 7,91% na tarifa de energia elétrica dos consumidores industriais dos 74 municípios de Mato Grosso do Sul atendidos pela Energisa. Desta forma, reforça-se junto ao empresário soluções que reduzam o consumo de energia elétrica e, consequentemente, economia na conta de luz e uma energia mais limpa e sustentável.

O projeto teve inicio em agosto do ano passado e pode-se mostrar ao empresário que o consumo pode ser sustentável, mantendo-se competitivo no mercado devido a economia gerada, enquanto que o consumidor residencial consegue enxugar o orçamento mensal.

O Senai oferece a possibilidade de fazer uma simulação, para consumidores de indústrias e imóveis rurais e residenciais, do custo da instalação das placas com relação a economia na conta de luz e por sua vez as formas de financiamento.

O consultor do Senai Empresa, Sebastião Dussel, diz: “Entre as opções de geração de energia própria, temos a energia fotovoltaica, que conta com linhas de crédito especiais, inclusive FCO para pessoa física. É uma excelente alternativa, que apresenta um retorno no investimento realizado em até seis anos, além do marketing ambiental e do fato de tornar as indústrias mais estáveis”.

O presidente do Senai, Rodolpho Mangialardo, explica o seguinte: “Dependendo do consumo da empresa, a planta fotovoltaica pode suprir parcial ou totalmente a demanda, chegando próximo a zerar a conta de energia elétrica, sendo que a energia excedente pode ser utilizada como crédito para faturas futuras”.

Desta forma, O Senai Empresa está à disposição do setor empresarial do Estado para avaliar as oportunidades de redução de custo nos processos produtivos, reafirma o consultor Sebastião Dussel.